O Que Você Normalmente Não Faria no Brasil Mas Vai Acabar Fazendo no Canadá

Para entrar em contato com Liliane sobre quaisquer dúvidas, ligue para 416-434-2938 ou envie uma mensagem para liliane@immigroup.com.

Sair do país no qual você nasceu e cresceu e se mudar para outro com costumes diferentes, ainda que temporariamente, é ampliar seus horizontes e adquirir novos hábitos ou conceitos. 

Se o destino for o Canadá, essas são algumas coisas que você vai acabar fazendo mais cedo ou mais tarde: 

  • Beber água da torneira

By Derek Jensen (Tysto) (Own work) [Public domain], via Wikimedia Commons

[Public Domain]

A água que sai nas torneiras residenciais ou nos estabelecimentos comerciais é potável e perfeitamente adequada ao consumo. Quando for a um restaurante ou cafeteria e oferecerem tap water, não precisa se sentir insultado por estarem dando água da torneira para você beber. Mas se for cético quanto à qualidade dessa água, pode comprar jarras que já vêm com o filtro dentro e garantir a pureza da sua H2O.

  • Vivenciar as quatro estações do ano e suas atrações

by Bahman A-Mahmoodi / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Associar o frio ao Canadá é o mesmo que ligar o futebol ao Brasil. No entanto, mesmo tendo um inverno de temperaturas incrivelmente baixas (normalmente passam dos dois dígitos negativos), o Canadá não é só neve. Na primavera é possível ver as árvores florescendo e a paisagem ganhando cores. Ainda não está calor, mas o frio vai se despedindo gradualmente. Quando chega o verão, os termômetros sobem para a casa dos 30 graus e podem até mesmo beirar os 40. Esta estação muda o humor das pessoas e todos ficam mais descontraídos, aproveitando as atividades ao ar livre e as áreas externas de bares e restaurantes. Também acontecem vários festivais e shows musicais pela cidade e você certamente será convidado para um barbecue, que é o churrasco deles.  Ainda que regado à cerveja e risadas entre amigos, não espere encontrar picanha ou linguiça nesse churrasco canadense e sim hot dog e hamburger. Passada a euforia do verão, chega o outono cobrindo as ruas com folhas e deixando as árvores com uma coloração avermelhada linda de se ver. O vento já vai ficando mais frio, mas ainda não neva. O inverno traz a neve e seus esportes. Você vai poder esquiar, patinar no gelo ou praticar snowboarding nessa temporada e também se deliciar com chocolate quente.  

  • Provar comidas de, literalmente, todas as partes do mundo

by Emin Bashirov / Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

Somente em Toronto são quase 6.500 restaurantes servindo comida da Jamaica, Etiópia, Grécia, Tailândia, Vietnã, Índia, Hungria, entre outros. As culinárias francesa, italiana, japonesa e chinesa também estão presentes, of course. A brasileira, igualmente, não poderia ficar de fora e é possível encontrar aquele arroz com feijão, bife e batata frita que todo brasileiro sente falta quando está fora de casa.  O Rio 40 Graus é referência para os recém-chegados e para os que já estão há mais tempo longe da terra da coxinha com guaraná.  

  • Ter amigos ou vizinhos de lugares que você só tinha ouvido falar nas aulas de geografia

[Public Domain]

Fala a verdade: quando você imaginou que iria estudar com alguém da Mauritânia? (Vou dar uma colinha: o país fica na região do deserto do Saara e faz fronteira com o Oceano Atlântico, o Senegal, Mali, Argélia e Marrocos). No Canadá são tantas nações dividindo o mesmo lugar, que se você estiver disposto a olhar além do próprio umbigo e conviver com pessoas de fora da sua comunidade, vai aprender muito sobre as mais variadas culturas, religiões, posicionamentos político, econômico e ambiental. E de uma forma que nenhuma aula da escola foi capaz de prender tanto a sua atenção. 

  • Conferir a previsão do tempo antes de escolher a roupa que vai vestir

by RicLaf / Flickr / CC BY-SA 2.0

Não é incomum ver a temperatura despencar de um dia para o outro. Da mesma forma, ela pode esquentar sem aviso algum. Por isso, ficar de olho nos noticiários locais ou ter um aplicativo que oriente sobre a previsão do tempo é de extrema importância para não congelar ou morrer de calor quando for iniciar sua jornada diária.

  • Andar para cima e para baixo com um copo de café ou de um dos seus derivados

by Greg Dunlap / Flickr / CC BY 2.0

Uns fazem isso para manter as mãos quentinhas no inverno. Outros porque saíram de casa apressados e nem tomaram café da manhã direito. E tem também os que querem manter a temperatura do corpo. Seja qual for o seu motivo, você não estará sozinho. 

  • Nunca mais usar meia feia ou furada quando tiver uma festa na casa de amigos

Holy Socks by https://www.flickr.com/photos/caitlinator/

by Caitlin Regan / Flickr / CC BY 2.0

Por essa ninguém esperava! Os canadenses têm o hábito de tirar os sapatos quando entram em casa. E fazem o mesmo quando vão visitar os amigos. Chega a ser até uma indelicadeza adentrar a residência alheia sem perguntar ao dono se ele quer que os calçados sejam deixados na entrada. Para evitar o vexame, nada de meias com rombos, pés trocados ou desenhos constragedores. 

  • Comprar carro ou eletrônicos sem acabar com todas suas economias

by 401(K) 2012 / Flickr / CC BY-SA 2.0

Uns dizem que a distância dos locais de produção é o que encarece esses produtos. Outros, que o problema está na carga tributária ou na ganância dos comerciantes brasileiros. A verdade é que quase todos produtos industrializados são consideravelmente (ou deveria dizer assombrosamente?) mais baratos no Canadá do que no Brasil. Um mesmo carro, por exemplo, pode custar em torno de CAD 17,000 para os canadeneses e R$62.000 para os brasileiros. 

  • Morar em uma casa sem muros altos, cerca eletrificada, grades, câmeras de segurança, etc
 

Se estiver passeando pelas ruas, qualquer que seja a vizinhança, vai ser difícil encontrar casas ou prédios com grades e muros altos. Os carros ficam estacionados na calçada sem o menor problema. Existe, sim, monitoramento por câmeras em lugares públicos e edifícios comerciais ou residencias, mas a verdade é que a sensação de segurança está presente até mesmo nas grandes metrópoles canadenses. Claro que existe crime em qualquer lugar do mundo, porém na maior cidade do Canadá, Toronto, são registrados 2 homicídios para cada 100 mil habitantes. Isso dá em média 70 homicídios por ano. Na época considerada a mais violenta de todos os tempos, o início da década de 90, foram registrados 89 no período de um ano. Até os dias de hoje é bem comum ver policiais se aposentando sem nunca terem disparado suas armas de fogo enquanto prestavam serviço na corporação.

 
  • Andar na rua sem se preocupar em ser assaltado
 
Pelos mesmos motivos citados, você vai poder andar pelas ruas falando no seu celular ou usando seu relógio caro. Além do fato de ter policiamento ostensivo nas cidades, o fácil acesso aos bens de consumo por todas as classes sociais não instiga o crime ou a violência. O poder de compra não é privilégio dos mais abastados e, com o fruto do trabalho, todos conseguem saciar seus desejos consumistas sem correrem risco por isso. 
 
  • Começar quase todas as frases com “I’m sorry” e se desculpar mesmo quando pisarem no seu pé

by Clayton Perry / Wikimedia Commons / CC BY-SA 2.0

Já virou chacota, até mesmo entre eles, que os canadeneses são muito educados e se desculpam por tudo. De fato, eles são bem cordiais e, ainda que estejam proferindo em pensamento uma infinidade de xingamentos contra você, estarão sempre com um sorriso nos lábios usando as palavras mais polidas possíveis para dizer o que gostariam sem externar nenhuma atitude mais grosseira. Eles também não fazem perguntas muito pessoais por acharem que você tem o direito de não compatilhar sua intimididade com estranhos.

  • Só atravessar a rua na faixa de pedestres

[Public Domain]

Dizem as más línguas que o trânsito das grandes cidades canadenses é caótico em virtude da quantidade de maus motoristas. De fato, acidentes de carro estão entre as principais causas de morte no país. Só isso já seria motivo suficiente para atravessar a rua somente na faixa de pedestres. Ainda assim, é recomendável esperar bem afastado do meio-fio até que o sinal de trânsito permita a travessia. Mas o motivo pelo qual as pessoas normalmente seguem as normas de tráfego é porque estas ensejam multas bem altas para quem as descumprir.

  • Checar antes de sair de casa os aplicativos do smartphone para saber que horas passa o próximo ônibus

by Ivan Hernandez / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Prática muito utilizada principalmente no inverno. Os intervalos entre um ônibus e outro são bem precisos, então dá para programar sair de casa a tempo de embarcar sem ter que esperar no frio. Ainda que não possa consultar o celular para saber qual próximo horário, as televisões no metrô e os letreiros nos pontos oferecem essa informação. 

  • Ver pessoas de todas as idades em lugares que geralmente só os mais jovens frequentariam como bares e academias

by Ron Mader / Flickr / CC BY-SA 2.0

Meus amigos não me deixam mentir. No St Patrick's Day desse ano tinha uma senhorinha de cabelos bem branquinhos curtindo com sua neta em um bar irlandês de Toronto. E ela foi a atração da festa. Claro que existem lugares mais frequentados por estudantes e outros, por pessoas maduras. Mas a regra é a que diversão vale para todos e não causa espanto ter em um mesmo ambiente diversas faixas etárias, mesmo que o lugar seja um club, pub, restaurante ou academia.

  • Usar roupa curta, justa e/ou decotada sem se preocupar com os comentários que poderia ouvir

by Michael Mulvey / Flickr / CC BY-SA

No Canadá é considerado assédio sexual tecer comentários desrespeitosos sobre os atributos físicos de uma mulher. Se ela ficar incomodada com os gracejos, pode chamar a polícia e existe penalidade para isso. As leis canadenses definem assédio sexual como qualquer comportamento indesejado sobre sexo ou gênero que interfira na vida de uma pessoa e a faça sentir-se desconfortável, mesmo que o agressor diga que está apenas brincando. Piadas grosseiras, comentários sexuais, assobios, insultos sobre orientação sexual e qualquer contato físico forçado são exemplos desse assédio, que também podem ter homens como vítimas.

  • Enviar 597 mensagens de texto em vez de telefonar

by Summer Skyes / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Normalmente, os planos de telefonia celular oferecem envio ilimitado de mensagens de texto. Em contrapartida, se você ligar para alguém, os minutos de conversa serão computados por ambos. Isso faz com que a maioria prefira enviar mensagens em vez de telefonar. Além disso, há uma política não muito amistosa em relação a celulares em ambiente de trabalho. Por ser mais barata e menos invasiva, a mensagem de texto é o meio de comunicação mais utilizado e a razão de você ver com tanta frequência pessoas de cabeça baixa rindo sozinhas em lugares públicos. 

  • Andar de metrô com seu cachorrinho – ou cachorrão

Canadenses adoram cachorros! São tantos parques, estabelecimentos pet friendly e pet shops pela cidade que é fácil concluir que o melhor amigo do homem tem bastante moral por essas redondezas. Se precisar utilizar o transporte público, eles são super bem-vindos. Claro que as normas e o bom senso pedem que não seja em horário de pico, mas respeitando essa exigência, ninguém vai olhar de cara feia para seu bichinho. Até mesmo porque cachorro sempre é um pretexto para puxar conversa e diminuir a ansiedade e depressão, doenças muito temidas pelas autoridades canadeneses em função do clima local. 

  • Perder a vontade de comprar um refrigerante no inverno, mesmo que seja na esquina da sua casa, só de pensar em ter que colocar casaco, luva, cachecol, touca, bota, protetor labial, etc

by John Talbot / Wikimedia Commons / CC BY 2.0

Mais uma vez o grande vilão canadense aparece para espantar qualquer iniciativa de tomar um ar fresco. Eu garanto que até mesmo a pessoa dotada de enorme disposição um dia se verá tomada por um sentimento de preguiça profunda, só de imaginar tendo que sair do quentinho do seu lar para comprar qualquer coisa na esquina se tiver que vestir camadas e mais camadas de roupa para isso. 

  • E no verão, ver o sol indo embora só depois de 9 da noite

Quando o verão chega, ele vem com tudo! Como o céu fica claro até 9 horas da noite, é uma delícia praticar esportes ao ar livre, ir aos parques ou ficar nos pátios de bares ou restaurantes vendo as pessoas passarem. Os níveis de vitamina D no nosso organismo agradecem!

  • Estocar bebida alcoólica nos feriados prolongados porque sabe que a loja autorizada vai estar fechada

by Eric Chan / Flickr / CC BY 2.0

Os estabelecimentos que vendem bebidas alcoólicas são rigorosamente controlados pelo governo. Embora espalhadas pelas cidades canadeneses e com estoque de fazer inveja a muito duty free, essas lojas fecham mais cedo aos domingos e não abrem nos feriados - justamente quando o povo se reúne com a família e agregados. Porque não existe a opção de passar no posto de gasolina para comprar as cervejinhas extras para os amigos que apareceram de última hora, é bem comum ver filas enormes a cada feriado prolongado ou data festiva. 

Email Liliane


Ask Questions

Do you have questions? Please fill in the form.

CAPTCHA
This question is for testing whether or not you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.

Immigroup.com/news is independently run and does not seek editorial input from IMMIgroup Inc. The views of the authors of content on immigroup.com/news do not reflect the views of the consultants employed by IMMIgroup Inc.

"All images on immigroup.com are CC licensed, public domain or the work of IMMIgroup employees. If you see your image on immigroup.com and it has not been CC licensed, please contact us immediately at webmaster@immigroup.com so we can take it down."